28 de fevereiro de 2012

Groselheira

As groselheiras abundam cá pela ilha. Os frutos dão excelentes compotas e directamente apanhados e comidos à sombra da árvore são ainda mais saborosos, para além de serem uma excelente fonte de vitamina C.
(fotografia retirada deste blog)


A infusão das folhas de groselheira é usada para tratar problemas reumatismais, como artroses, gota e artrite, e para problemas de diarreia. (aliás, para quem tem animais de pastoreio, problemas de diarreias podem ser resolvidos oferecendo umas folhinhas aos mesmos para comerem ou através da infusão, fica a dica).


Louro

O blog esteve com alguns problemas de carregamento de imagens, daí a ausência prolongada. Agora de volta!
Depois dos Oregãos já cá fazia falta uma nova planta que fosse também um excelente tempero culinário. 

Louro de Sensit Infusia

Não posso acrescentar muito a este tempero tão bem conhecido, mas posso dizer que o conheço, mais do que como tempero, como um excelente chá para ajudar a digestão ou para a má disposição estomacal.

27 de janeiro de 2012

Fumária

Tenho quase a certeza que muita gente não saberá disto, sobretudo aqui na Ilha, uma vez que esta planta é vulgarmente conhecida como uma "erva-daninha" aqui pelos pastos, uma vez que invade todo o tipo de plantação, logo é quase sempre morta e considerada de pouca ou nenhuma importância...confesso que eu própria nunca associei esta planta a uma infusão tão poderosa.

Fumária de Sensit Infusia
Há bem pouco tempo apanhava-a pelos meus quintais e ouvia do lado "isso não serve para nada". Então eis que descobri que aquilo que os agricultores detestam que invada as suas plantações é na verdade Fumaria Officinalis, uma planta com altas propriedades diuréticas, depurativas e anti-inflanmatórias, actuando em infecções hepáticas (estimula a secreção da bílis e descongestiona o figado). 

Aplica-se em afecções da pele e baixa hipertensão arterial (fluidifica o sangue). No entanto fica o alerta para não utilizar a planta por mais do que 10 dias e que a sua infusão deve ser tomada sempre antes de uma refeição. 

Para rematar, descobri que quem me dizia que a planta não servia para nada não se lembrava de já ter tomado a infusão para uma grande alergia/eczema que teve há muitos anos atrás, e esta hein?! 

21 de janeiro de 2012

Laranjeira

É a vitamina do Inverno por excelência. A velha laranjeira que tenho este ano deu uns bons quilos de laranja e o sumo foi o lanche da tarde todos os dias.

Laranjeira de Sensit Infusia
Agora que o fruto começa a escassear tenho aproveitado para secar as folhas. A infusão das folhas de laranjeira (também o fruto, a casca e a flor são elementos medicinais) é indicada para o tratamento da febre e problemas cardíacos. Uma vez tomada antes de deitar, a infusão tem efeitos sedativos, servindo ainda para tratar espasmos, vómitos, histeria e tosse nervosa.

20 de janeiro de 2012

Amoreira

Cá pela Ilha Terceira o que não falta são imensos silvados que no Verão se preenchem com as mais deliciosas amoras negras. Pouca gente sabe que, para além da deliciosa amora (rica em ferro, antocianinas e vitamina C), as folhas também podem ser utilizadas para chá. 

Amoreira Negra, Sensit Infusia
A Amoreira Negra (Morus Nigra L) é uma planta com propriedades antiinflamatórias, antioxidante, anti-séptica, calmante, cicatrizante, depurativa, diurética, expectorante, hipoglicémica, hipotensora, laxante, refrescante, rejuvenescedora e revigorante. Como tal, a infusão desta planta é utilizada para diversos fins, como o tratamento de inflamações da boca e garganta (aftas, amigdalites), no tratamento de diarreias e também para redução dos níveis de açúcar, útil em caso de diabetes.Recomenda-se para a memória, pressão alta e obesidade, bem como eczemas, osteoporose (contém muito mais cálcio do que o leite) e problemas de fígado. 

Frequentemente é indicada também para limpar pedras nos rins e a bexiga e também para lavagem do couro cabeludo em caso de queda excessiva, uma vez que estimula a circulação (massajar o couro com a infusão), sendo também usada para problemas de má circulação sanguínea.

9 de janeiro de 2012

Embalagens sensit infusia


Para vós, eis o primeiro teste da embalagem dos aromas de sensit infusia. Já se aceitam encomendas.

Salva

Esta planta tomou o poder nos meus jardins. Nasce facilmente, sem precisar de muita terra, e quando algumas pontas se prolongam sob folhas mortas formam novas raízes, alongando o seu território. A última vez que aparei os galhos trouxe comigo o suficiente para fazer chá para uns dois anos.

Salva de Sensit Infusia

Também conhecida por Salvia, a Salva é uma planta usada como erva aromática e medicinal. Na comida é um excelente condimento para aromatizar pratos com carne, saladas, massas e pães.

Relativamente às suas propriedades medicinais, a Salva é indicada para transtornos menstruais (devendo ser tomada apenas na semana antes ao período das regras, 1 chávena, 3 vezes ao dia), desde menstruação desregulada, dores menstruais, até aos distúrbios da menopausa (afrontamentos, calores e suores excessivos).

As suas propriedades anti-sépticas, anti-sudoríficas e febríguas ajudam  em digestões lentas e outros problemas digestivos, a reduzir a transpiração excessiva e febre em doentes tuberculosos, a reduzir a dose de medicação na diabetes pela sua acção hipoglicemiante e, pela sua acção anti-séptica, acalma a gengivite, aftas, amigdalites, faringites, dores de garganta (através de infusão ou gargarejos), tosse de fumador, diarreia, cólicas abdominais, vómitos e estimula a secreção biliar.

Tem, ainda, propriedades tonificantes e adstringentes. Auxilia também a tonificação do sistema nervoso e estimula as glândulas supra-renais, estando indicada ainda em estados depressivos, astenia, tremores e vertigens, mas, alerta, não se deve utilizar a salva por mais do que um mês seguido, uma vez que possui elevadas doses de toxicidade que se manifesta por convulsões. De igual modo, grávidas e doentes nervoso não são aconselhados a tomar este chá. 

Para terminar em beleza, um banho com infusão de salva contribui para a beleza da sua pele, pode contribuir também para estimular o couro cabeludo em estados de queda de cabelo e auxilia no tratamento de afecções da pele, desinfectando feridas, úlceras, picadas de insectos e furúnculos.

7 de janeiro de 2012

Oregãos

Oregãos de Sensit Infusia

Dispensam apresentações os oregãos. São vulgarmente conhecidos como uma erva aromática muito utilizada na cozinha mediterrânica e, cá por casa, estão sempre presentes em saladas, massas e, sobretudo, em pizzas e pastas. Uma lasanha bolonhesa e uma pizza sem oregãos não existe cá por casa.

Em termos medicinais, o oregão é uma planta com excelentes propriedades digestivas, estando indicado para espasmos e flatulência. Para além disso, combate a aerofagia, serve como calmante para tosse, bronquite e febre e tem propriedades diuréticas, sedativas, sudoríficas, antibacterianas e antifúngicas. No entanto, é de ter em atenção que o chá desta planta está contra-indicado em estado de gravidez, só devendo ser ingerido com indicação médica.


Urtiga

Vendo a imagem quase parece mentira que, primeiro, possa existir um lugar com campos tão verdes e, segundo, que as urtigas sejam úteis para algo. A verdade é que os nossos campos da Ilha Terceira estão nesta altura pintados com o mais belo verde que alguma vez vi, convidando ao silêncio, ao Inverno, ao frio, mesmo para quem não gosta desta estação, é quase impossível não se deixar maravilhar pelas cores que as nossas paisagens conseguem adquirir nesta época.

Urtiga de Sensit Infusia
Quanto à Urtiga, por estes dias, cresce em força por todos os campos. Os meus têm os seus limites ladeados por uma linha de Urtigas verdes e frescas. Confesso que nunca associei a Urtiga a mais do que uma planta irritante que nos deixa uma comichão chata sempre que lhe tocamos, mas a verdade é que estou surpreendida com as suas capacidades e começo a tornar-me fã da mesma.

A urtiga tem uma acção diurética no organismo, eliminando o sódio e ureia. Para além disso, e para as meninas, é indicada para quem tem unhas quebradiças, uma vez que é uma planta rica em ferro, vitaminas A, B1, B5, C e K, ácido fólico, cálcio, potássio, cobre, zinco e sílico. Para os senhores, está indicada no tratamento da hipertrofia benigna da próstata. Aliás, é a partir das urtigas que se fazem muitas daquelas cápsulas que as pessoas consomem com vitaminas...

Como se não fosse o suficiente, é um excelente tratamento para a fadiga intelectual e física, para a falta de apetite, reumatismo e artrite. No geral, actua no melhoramento do organismo, limpando-o e remineralizando-o. 

Podem ser usadas nas infusões as folhas e as raízes, sendo que estas últimas contém polissacarídeos e lecitina, elementos fundamentais no organismo humano, As infusões devem ser tomadas cerca de 3 vezes ao dia (a chávena).

1 de janeiro de 2012

Alecrim

Não podia faltar o alecrim cá por casa. Tem sido a minha companhia para todas as situações e agora que o frio do Inverno já se faz sentir, está sempre pronto na garrafinha de calor.

Alecrim de Sensit Infusia

O alecrim é uma planta aromática da qual se extrai elementos usados em medicamentos e perfumes, servindo também para bálsamos de fricção, chá e para aromatizar diversas carnes no ramo da culinária. Esta planta é vulgarmente conhecida como um bom auxilio no tratamento de problemas ligados ao stress, nervosismo e ansiedade, mas também presta auxilio na falta de apetite, asma, cólicas menstruais, febre tifóide, bronquites, reumatismo e anemia, entre outros. Para os apreciadores de remédios caseiros, o alecrim, pelas suas propriedades estimulantes, é também aconselhado para problemas de queda de cabelo - uma lavagem do couro cabeludo com chá de alecrim é vulgarmente aconselhada.

Cá por casa usamos bastante este chá, para aquecer no Inverno (uma vez que estimula a circulação sanguínea, tendo propriedades tónicas, excitantes e estimulantes) e também para fazer uma "limpeza" ao fígado, quando abusamos na comida, como agora na época natalícia ... Tem um excelente sabor, uma espécie de leve menta doce, um aroma perfeito para um frio fim de tarde.